Arquiteta Imóveis

Arquiteta Imóveis

Informações sobre construção para uma compra segura de imóveis

Informações sobre construção para uma compra segura de imóveis

Evolução dos imóveis

08/01/2017

Você já reparou como os lançamentos e os projetos de imóveis acompanham a moda e o momento econômico do País? Diversos fatores contribuem para a evolução dos imóveis ao longo do tempo como a industrialização, os materiais construtivos, os costumes, o tamanho da famílias e outros tantos. Sim, os imóveis também seguem tendências e evoluíram ao longo dos anos.

Até o fim do século retrasado, as famílias eram numerosas sendo a cozinha uma das peças principais da residência. O pé direito era elevado, as paredes eram grossas e possuíam janelas altas nas diversas paredes. Com isso os cômodos eram mais frescos no verão e mais quentes no inverno pois a ventilação era mais eficiente e as paredes isolavam melhor as temperaturas. Os diversos cômodos eram interligados não havendo muitos corredores. Existia somente um banheiro grande que servia a toda família. Os terrenos costumavam ser grandes e arborizados.

Com o aumento da população nas cidades foi necessário readequar a ocupação dos terrenos. Nos anos 1900, as famílias já não eram tão numerosas. Assim os imóveis começaram a diminuir em tamanho e crescer para cima. Pequenos prédios de 3 pavimentos substituíam as casas. Com o encarecimento da vida em geral, a construção também mudava. As paredes já não eram grossas como antes. Na metade do século os prédios tinham aumentado em altura e adensavam as cidades. Morar em apartamento passou a ser comum e desejável pois possuíam dimensões e peças de tamanhos generosas. As plantas possuíam sala de estar, sala de jantar, quartos, cozinha, área de serviço mas somente um banheiro. Era comum a existência das instalações para empregados. Nessa ocasião, o apelo de luxo dos imóveis era a oferta de apartamentos com suíte. Começava aqui grandes mudanças no desenho interno pois as famílias médias possuem agora 2 ou 3 filhos, onde o casal costuma trabalhar e os filhos estudam permanecendo com isso bastante tempo fora. Com a mudança dos hábitos familiares os imóveis refletem essa realidade.

A moda atual são os apartamentos com banheiros em cada um dos quartos. As instalações de serviço deixam de existir. As cozinhas passam a integrar a sala de estar. O apelo do momento são as varandas “gourmet”. A dimensão das peças também diminuem drasticamente. As paredes utilizam técnicas que permitem pouca espessura. Com os apartamentos cada vez menores, surgem os condomínios com oferta de serviços e lazer comum. Alguns oferecem tantas facilidades que mais parecem colônias de férias.

Acredito que em futuro breve, os lançamentos imobiliários irão ser mais simples e com foco na simplicidade pois quem tem tempo hoje para desfrutar de todas as facilidades ofertadas mas que oneram as taxas condominiais? O mercado imobiliário está sempre atento à novos apelos e modismos. São as modas que vem e que vão também na construção!

Categorias: Histórias Reais

Deixe seu comentário.

*

*

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *